É PECADO SENTIR CIÚMES?

Ciúmes é um sentimento que muita gente possui, e está presente em várias situações, como ter ciúmes do marido, da esposa, do carro, da casa, da roupa, de objetos e etc, e a Palavra de Deus no livro de Gálatas diz que o ciúmes é uma das obras da carne, advertindo que quem prática o ciúmes não herdará o Reino de Deus.

No livro de Gálatas 5:19-21 diz o seguinte: "Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizade, discórdia, CIÚMES, iras, dissensões, facções, invejas, embriaguez, glutonaria e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti: Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus."

Se baseando nesse versículo bíblico de Gálatas, nós chegamos a conclusão que o ciúmes é algo terrível, não devemos sentir ciúmes de nada nem de ninguém, mas quando se trata de um relacionamento amoroso, entre homem e mulher, para muitos é quase impossível não existir o ciúmes em algumas ocasiões, e é sobre esse tipo de ciúmes, o ciúmes entre o casal que nós queremos falar.

Nós acreditamos que existe dois tipos de sentimento quando se trata de ciúmes. Existe o zelo, e o ciúmes.

O ciúmes além de ser uma das obras da carne, é uma doença. É um sentimento que trás insegurança, tira a paz de quem é ciumento e de todos os que estão a sua volta.

O ciúmes além de não ser um bom sentimento e ser algo da carne, ele ainda trás consigo vários outros sentimentos terríveis como a inimizade, discórdia, ira, inveja e etc.

Já o zelo é algo totalmente diferente do ciúmes, o zelo é um cuidado ou uma proteção que damos a pessoa amada. O ciúmes trás o medo de perder, o zelo trás a vontade de manter. A pessoa que tem zelo, tem paz, sabe confiar, e com qualquer sinal diferença da outra pessoa que venha tirar a sua paz, ela jamais esquece do seu valor, e não se desvaloriza diante de ninguém.

Deus abençoe e conte sempre com o ExercitoUniversal.com.br

Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.