Túmulo de José é queimado por Palestinos

Na cidade de Nablus, norte do território da Cisjordânia, o túmulo do patriarca José foi atacado por dezenas de palestinos que incendiaram e jogaram pedras no local onde está o corpo de José. Segundo o jornal Haaretz, o ataque foi realizado por jovens palestinos que colocaram materiais inflamáveis no local para lançar coquetéis molotov contra o mausoléu.

Durante séculos o túmulo de José é visitado por cristãos e judeus, onde até os dias de hoje é local para peregrinação, mas o ocorrido não é inédito. No ano de 2000 o local foi saqueado e depredado por palestinos, e em 2009 para 2010 o complexo passou por reformas.

Os muçulmanos que incendiaram o local consideram a presença constante de peregrinos judeus em seu território como uma afronta ou provocação.

Um comunicado militar disse que o exército de Israel fará as reparações necessárias para permitir que os fiéis visitem o lugar sagrado, mas para o exército de Israel, o ataque foi um flagrante da violação do valor básico para a liberdade de culto.

Israel está vivendo uma onda de terror há 15 dias, que resultou na morte de 33 palestinos e 7 israelenses. Espera-se que o conselho de segurança da ONU faça uma reunião de emergência para discutir o aumento da violência na região. Autoridades de Israel pede que o governo tome providências, o que pode causar mais violência nos próximos dias.


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.