Lua está sendo destruída pela Terra e pesquisadores estão preocupados

Será que é um dos sinais do final dos tempos? Pesquisadores descobriram em 2010 que o satélite natural da Terra esta diminuindo de tamanho, e encontraram rachaduras gigantescas na superfície da lua por meio do super telescópio da NASA.

Com base em investigações de imagens recolhidas pela NASA, na altura do ano de 2010, apenas 10% da superfície da Lua tinha sido fotografada, e existia somente na época apenas 14 sulcos, onde a NASA não possuía muitas informações.

Agora, após cinco anos, a contagem das rachaduras da Lua ultrapassa os 3.200, e a equipe de pesquisadores apuram que essas fissuras não são próximas uma da outra na superfície lunar, mas apontam para direções distintas.

Estes sulcos na superfície da Lua são provocados pela contração que se tem vindo no corpo celeste da Lua. O interior da Lua se esfriou e se contraiu, encolhendo cerca de 182 mil metros, conforme os dados científicos relatados pelo "The New York Times".

Dados indicaram que as rachaduras é culpa do nosso planeta Terra, mas especificamente, da força gravitacional que o nosso planeta exerce sobre a Lua. O jornal "The New York Times" frisou que as forças da maré que atraem a Lua geram uma pressão suficiente para motivar as quebras lunares dentro do padrão detectado. Informações e fonte "The New York Times" e "ZAP".


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Um comentário:

  1. E o quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi ferida a terça parte do sol, e a terça parte da lua, e a terça parte das estrelas; para que a terça parte deles se escurecesse, e a terça parte do dia não brilhasse, e semelhantemente a noite.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.