Mineiro é o primeiro brasileiro a implantar Biochip no corpo

Aquilo que parecia demorar a chegar no Brasil, se torna realidade na vida de um brasileiro de 29 anos. O brasileiro Raphael Bastos que mora em Belo Horizonte, Minas Gerais, se tornou o primeiro brasileiro a implantar o biochip em seu corpo.

A peça que é do tamanho de um grão de arroz, foi colocado debaixo da pele de sua mão em maio de 2015, e usa a tecnologia RFID(identificação por radiofrequência, na sigla em inglês), e proporciona certos "poderes mágicos", como abrir portas e catracas apenas aproximando as mãos.

O implante de biochip em humanos vem sendo testado desde 1990, e o assunto ganhou novo fôlego em 2005, quando o norte-americano Amal Graafstra passou a usar os chips e apresentar a "próxima fase da evolução humana".

A instalação do aparelho subcutâneo custou em uma média de 600 reais ao mineiro, e foi feito em um estúdio de tatuagem. Com o chip é possível desbloquear computadores, tablets, celulares e outros tipos de aparelhos tecnológicos avançados ao mesmo tempo.

A principal ideia do biochip em humanos é não precisar mais utilizar cartões de banco, ônibus, metrô e até mesmo as chaves de casa ou do carro. Assista a matéria feita pela Record logo a seguir:

E você, teria coragem de implantar essa tecnologia em se corpo?


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

3 comentários:

  1. Coitado... Meu Deus! Como o ser humano é tão frágil, fraco e desavisado

    ResponderExcluir
  2. Uma coisa é certa. Antes os assaltantes levavam o dinheiro da vítima. Agora com o chip, a nova modalidade praticadas pelos assaltantes será obrigatoriamente sequestro, a fim da vítima realizar compras caras em nome do sequestrador. Infelizmente não há tecnologia que venha mudar a situação do mundo. A realidade é que esse chip tem uma outra intenção. A de controle de vidas!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.