Menino de 5 anos ganha o direito de se chamar "Isabela"

Um menino de 5 anos ganhou o direito de ser menina, após o próprio não se aceitar como menino. A criança não teve o seu nome de menino revelado, e já recebeu um novo nome feminino, a partir de agora se chamará oficialmente de Isabela.

A mãe da criança, Patrícia de 36 anos, explicou que, desde que a criança tinha 1 ano e meio de idade, sua preferência era por brinquedos femininos e roupas femininas, mas ela explicou que não dava a menor importância devido a pouca idade.

A mãe ainda contou que desde os dois anos, a criança demostrava muito incomodo em ser tratada como menino, não aceitando usar roupas masculinas e chorava quando o chamavam por seu nome masculino. Sem saber o que fazer, a mãe começou a pesquisar sobre o assunto até buscar ajuda de um psicólogo.

Isabela é a criança mais jovem do Brasil a obter o reconhecimento da mudança de gênero. Em sua escola, onde já estuda a 3 anos, pode usar pela primeira vez esta semana o banheiro das meninas, e sua professora já à chama pelo seu novo nome.

O ex-menino é uma das 32 crianças atendidas pelo Ambulatório de Transtorno de Gênero, do Hospital das Clínicas(HC) de São Paulo, por este motivo, já é considerado um transexual. Informações e fonte "Estadão"


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.