Ritmo de Carnaval entra dentro das igrejas evangélicas em "versões gospel"

Em um local onde era para ser nítida a diferença entre o mundo e o Reino de Deus, está se tornando igual a qualquer outro lugar. Músicas que eram para ser simplesmente para louvor e adoração ao "Criador de Tudo", se tornaram semelhantes as que ouvimos no mundo, com ritmos e trechos das músicas seculares, algumas músicas gospel se tornaram "antibíblicas", onde a razão principal e a diversão e não mais a adoração.

O conceito de adoração tem mudado a cada ano que se passa, e vem provando o quanto a Palavra de Deus é verídica, e que está se cumprindo a cada dia que se passa com mais velocidade.

Diversos "cantores" gospel estão surgindo, e com isso o cenário da música gospel vem mudando junto. As músicas saíram das igrejas e passou a conquistar adeptos até fora das igrejas. O que era para ser bom, ou uma grande benção, se tornou uma enorme preocupação, pois a identidade da música cristã tem ficado para trás com a semelhança enorme com as músicas seculares.

A coisa tem ficado tão grave, que um dos sucessos do carnaval desse ano (2016), a música "Metralhadora", ganhou uma versão "gospel", e está sendo "lançada" dentro das igrejas, como você vai poder ver e ouvir no vídeo abaixo.

O hit gospel se chamada "A Metralhadora de Jeová". Assista:


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

3 comentários:

  1. Eu acho que não importa o gênero musical. O que importa é a intenção e a letra da música. Se a música leva a pessoa a refletir nas coisas de Deus, amém. Afinal, uma música agitada, seria até um meio de ganhar os jovens pra Jesus, uma vez que a grande maioria dos jovens são adeptos de ritmos dançantes como axé, rock, samba, etc. Não tem como moldar um jovem que se encontra distante.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.