Papa acredita na necessidade de um líder mundial para a humanidade

Em uma carta dirigida aos bispos católicos, o Papa Francisco escreveu que acredita ser necessário um novo sistema de governo global. Para o Papa, uma nova autoridade política seria responsável pela redução da poluição e o desenvolvimento dos países e regiões pobres.

Para o Papa Francisco as mudanças climáticas são reais e perigosas, e as recentes cúpulas realizadas no mundo sobre o meio ambiente, não conseguiram atender às expectativas, porque para ele, a falta de vontade política, não chegaram a acordos globais significativos.

"As recentes cúpulas no mundo sobre o meio ambiente, não conseguiram atender às expectativas, já que, devido à falta de vontade política, não foram capazes de chegar a acordos globais verdadeiramente ambientais significativas e eficazes", escreveu o Papa Francisco em uma Encíclica.

Alguns céticos do clima, rejeitaram suas declarações, pois acreditam que uma figura religiosa como o Papa não deve fazer declarações científicas. Mas para alguns cientistas, as declarações do Pontífice são de extrema importância para promover debates sobre a mudança climática.

Pela primeira vez uma encíclica é dirigida a todos, não somente a católicos. A intenção do Pontífice é que outros possam ler. Informações e fonte "O Correio de Deus".


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.