Por não ter "Aparência Normal", garçonete não ganha gorjeta

A aparência é fundamental, ou não faz a menor diferença para quem presta um serviço para você? 

Se sua resposta é, "não faz a menor diferença", para um cliente fez, em Des Moines, Iowa, nos Estados Unidos, e ele fez questão de expressar isso na nota fiscal.

Um cliente que comeu na hamburgueria "Zombie Burger", não gostou da aparência da garçonete que o atendeu, resolvendo não pagar a gorjeta, e explicou o motivo no comprovante.

O cliente escreveu o seguinte na nota fiscal: "Pessoas normais que ganham gorjetas."


A garçonete que tem o costume de pintar o cabelo de rosa, ficou indignada, e se sentiu agredida com a reclamação do cliente.

Em entrevista para a emissora WHO-TV, Taelor May Beek disse: "Eu fiquei indignada, me senti agredida, como se eu tivesse no primário e sofresse bullying".

O estabelecimento se posicionou a favor da funcionário elogiando o caráter da garçonete, e em nota escreveu: "Acreditamos que nossa hamburgueria seja um lugar que celebra a individualidade, apoiamos nossos funcionários e Taelor é um exemplo dentro da nossa equipe."


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.