Onda de calor já matou mais de 19 pessoas na China fazendo país emitir alerta


Um alerta laranja foi emitido pelo serviço de meteorologia da China, o segundo em gravidade. O alerta foi emitido devido a onda de calor dos últimos dias, com temperaturas de 41° nos últimos dias na metade sul do território chines.

Segundo informações da imprensa oficial da China, em algumas áreas o forte calor causou a morte de 19 pessoas.

O jornal "Global Times" informou que o forte calor teve início no dia 20 do mês de julho, afetando mais de 700 milhões de pessoas no Sul do país. A cidade oriental de Xangai, a central de Chongqing e a província de Hubei são as zonas mais castigadas, onde tiveram que declarar o alerta vermelho, que é o nível máximo de emergência.

As temperaturas elevadas se unem a alta umidade e a falta de vento, o que gera uma combinação muito prejudicial. Segundo especialistas, a forte onda de calor pode durar até meados de agosto.

Já no norte da China, o país foi castigado nos últimos dias por temporais que provocaram inundações que provocaram a morte de mais de 200 pessoas nas províncias de Henan e de Hebei, que é vizinha da capital Pequim. Informações e fonte "G1".



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.