Comitê Olímpico enviará protesto contra a faixa de Neymar "100% Jesus"

Com certeza todos os que assistiram a vitória do Brasil na final do futebol masculino sobre a Alemanha durante as Olimpíadas, observaram que o jogador Neymar estampou em sua testa uma faixa com os dizeres "100% Jesus", mas essa faixa está dando o que falar até agora.

A imagem de Neymar com a faixa na cabeça foi transmitida para o mundo todo, onde os dizeres da imagem é de fácil tradução para todos os povos de qualquer que seja a língua. Contudo, existem países que censuraram várias imagens de competições, como por exemplo a imagem de atletas com pouca roupa.

Em nações muçulmanas por exemplo, é extremamente proibido que o nome de Jesus seja exibido em público, e como a transmissão foi feita 'ao vivo', não foi possível "tampar" a imagem muito menos editá-la.

No Comitê Olímpico Internacional (COI), existem regras que proíbem qualquer sinal político, comercial ou religioso durante a cerimônia de recebimento de medalhas durante os Jogos Olímpicos, o que fez o COI se reunir afim de pensar em punir o atleta e seus superiores.

Diante de tudo, o COI resolveu fazer "vistas grossas" para o episódio, afim de não estragar a imagem da entidade e dos jogos. Ou seja, mesmo resolvendo fazer "vistas grossas", o diretor-executivo do Comitê Olímpico, enviará uma carta para a delegação brasileira, anunciando um protesto oficial pelo ocorrido e relembrando que tais procedimentos, como o do jogador Neymar, não serão mais aceitos.

Sobre as manifestações religiosas de outros atletas brasileiros após a conquista do ouro, não teve grandes problemas por ser fora do pódio, e ser de forma pessoal, como a do goleiro Weverton, que em entrevista em rede nacional declarou: "O ouro é nosso, mas a glória é de Deus". Informações "Estado de São Paulo".

Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.