Atleta se programa para eutanásia após jogos Paralímpicos

Vivendo em um país como a Bélgica, que possui uma lei que autoriza a eutanásia, a morte assistida por médicos, a atleta paralímpica, Marieke Vervoort está se programando para morrer. O caso vem chamando a atenção de toda a imprensa mundial!


A atleta de 37 anos, sofre de uma grave doença degenerativa, onde Marieke vem tentando fazer a felicidade e a morte caminhar juntas. "Quero ser lembrada como a moça que sorria, que mesmo sofrendo tentou ver o que há de melhor", contou Marieke demostrando um tom de despedida.

Marieke já conseguiu todos os documentos necessários que permitem que ela decida quando vai realizar o procedimento da eutanásia. Ela nega que fará o procedimento logo após os jogos paralímpicos, como alguns veículos de imprensa internacional divulgaram.

Em entrevista, Marieke garantiu não ter data definida para que o procedimento ocorra, mas garantiu querer curtir cada momento como se fosse o último, sem se preocupar quando seu último momento vai chegar. Informações e fonte "G1".

Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.