Estudo comprova que povo cristão é o mais feliz do mundo

No Reino Unido um grupo de pesquisadores fizeram um experimento que constatou que os cristãos experimentam um nível maior de felicidade, autoestima e satisfação na vida do que ateus e seguidores de outras religiões.

Comandado pela Oficina de Estatísticas Nacionais, o estudo durou cerca de quatro anos, onde pesquisou mais de 300 mil pessoas em um projeto chamado "Medição do Bem-Estar Nacional". Uma tabela foi criada para fazer a "Medição da Felicidade", e o resultado foi surpreendente e esperado por certos crentes da Bíblia (a alegria do Senhor é a vossa força. Neemias 8:10).

As pessoas que se identificaram como seguidoras de Jesus Cristo alcançaram a mais alta colocação entre os pesquisadores. O resultado da pesquisa concluiu que os cristãos são mais felizes que ateus, judeus, muçulmanos e budistas (religião apontada popularmente como "zen").

Em uma escala de 1 a 10, os cristãos atingiram um índice de felicidade de 7.47, os ateus ficaram com índice de 7.22. Os cristãos também lideraram no quesito "Satisfação na vida", ficando em segundo lugar apenas no quesito "autoestima", perdendo para os judeus.


A psicóloga e professora Nádia Foster comentou, rebatendo um conceito popular que faz as pessoas acharem que todas as religiões são iguais. "As pessoas pensam que todas as religiões são iguais, mas não são. A base da fé dos cristãos está no relacionamento e não na religião. Isso faz toda a diferença, porque eles tem uma relação com o Deus vivo", explicou a psicóloga. Informações e fonte "Premier".

Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.