Arábia Saudita aprova lei contra quem for flagrado portando uma Bíblia

Que a perseguição contra os cristãos em certos países do mundo é grande, todos nós já sabemos, mas a cada dia que se passa a coisa tem piorado e ficado mais perigosa para quem crer no Deus da Bíblia.

Uma lei aprovada na Arábia Saudita, que foi aprovada em 2014, está fazendo diversas vítimas no país, e a ordem da lei é, condenar a pena de morte quem for flagrado portando uma Bíblia. 

A lei faz parte de uma série de mudanças na legislação do país, é uma forma de atender às exigências de Sharia, lei muçulmana que é usada pelos governantes da Arábia Saudita, como inspiração para as leis civis.

A pena de morte para quem for flagrado com uma Bíblia, foi confirmada pela missão "Heart Cry" (que em tradução livre significa "clamor do coração"), sendo que a lei foi implementada junto com a legislação da importação de drogas ilegais, incluindo um artigo sobre literatura, prevendo que "todas as publicações de outras crenças religiosas não islâmicas e que tragam prejuízo" devem ser combatidas.


A Arábia Saudita é um país com predominância islâmica, onde o cristianismo é restrito somente para alguns estrangeiros que moram por lá. Na prática dessa nova lei, quem entrar na Arábia Saudita com uma Bíblia ou for pego com um exemplar das Escrituras Sagradas do cristianismo deve ser condenado a morte, sendo condenado pelo crime de "contrabando". Informações e fonte "Portal WND".


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.