Mãe de jogador da Chapecoense ficou com aperto no peito antes da viagem

Mãe de um dos jogadores que estava no avião que caiu em Medellín, Colômbia, na madrugada desta terça-feira (29), contou uma experiência nada confortável antes de saber da queda do avião.


Mão do atacante Tiaguinho, Barbara Rocha, contou em entrevista como recebeu a notícia da morte do seu filho de 22 anos, detalhando que estava com um pressentimento ruim antes do voo, que perturbou a madrugada toda.


"Ontem eu fiquei inquieta o dia inteiro, com um aperto no peito. Quando foi à noite, eu falei para o Sérgio (padastro): "Não temos notícias do Tiago". Aí ele falou "Vamos descansar o coração e vamos dormir". Só que não consegui dormir direito. Quando foi 6h, eu acordei com as minhas amigas. Elas perguntaram: "Você já sabe?". Eu falei: "Sei de quê?". Eu abri o portão, e elas entraram, me abraçaram e falaram: "O avião que estava indo para a Colômbia com o Tiaguinho caiu". Quando me falaram, já tinham 25 mortes, e eu criei uma esperança que meu filho poderia estar vivo. Mas aí o empresário dele me ligou, e eu falei: "Eu confio em Deus, meu filho está vivo", mas ele já sabia que não estava, só não tinha coragem de falar. Todo mundo sabia, só eu não sabia que meu filho tinha morrido", contou a mãe de Tiaguinho.

A mãe do jogador ainda muito abalada com a recente notícia, contou que não sabe explicar, mas revela que ele estará sempre em seu coração. "Eu não sei, não tem explicação. Ele está aqui (no coração), ele está aqui dentro. Meu filho é maravilhoso", contou Barbara Rocha.

Tiaguinho tinha acabado de receber a notícia que iria ser pai, e seu vídeo comoveu à muitos. Assista:




Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.