Descubra porque o Natal é considerado a festa que mais mata pessoas no mundo


O Natal é uma das datas mais comemoradas e aguardadas por todos os povos do mundo, sendo uma data que simboliza união, amizade, reconciliação, paz e tudo de bom entre familiares, mas como tudo que é muito bom para uns é muito ruim para outros.


No Natal é comum as pessoas se juntarem afim de participar de uma ceia repleta de variedades, esquecendo desavenças, inimizades, intrigas e etc, nem que seja somente por aquela data. Muitos usam a data do Natal para refletirem sobre o nascimento de Jesus, fazendo votos de mudarem seus velhos hábitos e comportamentos.

Segundos pesquisadores bíblicos, Jesus não nasceu em dezembro, acreditando-se que na verdade Jesus nasceu em meados de outubro, mas não sendo determinado o dia nem a hora exata do nascimento. A crença de que Jesus não nasceu em dezembro é levantada por pesquisadores, pois em dezembro o inverno era muito rigoroso, se tornando impossível que José e Maria conseguissem viajar da Judeia até Jerusalém em cima de um jegue.


A pergunta que fica é: "Porque o Natal é a data festiva mais perigosa do mundo?"

Pesquisas apontam que o Natal é a data festiva que mais acarreta tragédias no mundo inteiro, onde o índice de acidentes de trânsito praticamente dobra nessa época, representando um terço dos acidentes de trânsito comparado em todo o ano, motivado pela bebida alcoólica.

Os motivos para o perigo do Natal são diversos e inúmeros, como os acidentes de trânsito (citado acima), e outro fator muito grande, mas pouco apontado é o grande número de suicídio nessa época. Pois como o Natal é celebrado entre famílias e muitos não possuem uma nessa data festiva, motiva muito nesse período.

Na verdade, o grande problema é a falta de equilíbrio, devendo haver equilíbrio em todas as épocas do ano, inclusive no Natal.






Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.