Por causa de música evangélica marido se irrita e mata esposa


Quando Jesus falou em Mateus 24:12 que "por causa da iniquidade o amor de muitos se esfriaria", não era nenhuma "balela", muito pelo contrário, era uma previsão exata do que nós vemos atualmente, o amor se esfriando dentro de muitos, e muitas tragédias acontecendo suscetivamente, como no caso que você vai ver a seguir.


Na frente dos filhos do suspeito, de 11 e 12 anos de idade, um homem iniciou uma discussão com a esposa, levando a mulher para dentro do quarto e baleando-a no pescoço. Segundo informações da família do casal, o homem de 34 anos se irritou com a música gospel que a vítima ouvia, Elisângela Aparecida Barbosa de Oliveira, de 41 anos.

"Quando ele entrou, começou a falar que ela estava traindo, conversando com alguém, mas só estava escutando música", disse o filho mais novo da vítima de 21 anos.

A polícia informou que o suspeito ao ver informações no computador da mulher, agrediu-a e disparou contra ela. Vendo o que tinha feito, o suspeito levou a mulher para dentro do carro dizendo: "amor, fica comigo".

Uma vizinha ao ver a mulher sendo encaminhada para o carro, ajudou a socorrer a vítima, ajudando a levá-la até o posto de saúde mais próximo, onde não resistiu aos ferimentos.


O suspeito fugiu, e até o momento não foi localizado. O crime ocorreu no bairro Vida Nova, região norte da capital sul-mato-grossense. O casal já estava junto a 9 anos, onde já existiram diversas agressões físicas por parte do suspeito, a ponto da vizinhança ter chamado a polícia em maio de 2016, mas a vítima negou as agressões.

O suspeito era usuário de drogas, e a vítima tinha esperança de o que marido largasse o vício, mas nunca aceitou terminar com o marido, pois segundo a crença da vítima ele iria sair das drogas. Informações e fonte "G1".



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.