Afinal, podemos julgar ou não? O que diz a Bíblia?


O que não falta nos dias de hoje são pessoas julgando os outros, um apontando o dedo para as falhas e fraquezas do outro como se não possuíssem falhas ou fraquezas. Se calar e tentar ajudar o próximo tem sido algo raro e dificílimo de se ver hoje.


Julgar é fácil, ajudar já é outra história totalmente mais complicada, por isso que nós queremos falar aqui sobre o "julgamento". Além de ser uma atitude feia ficar apontando os erros dos outros, expor o erro alheio diante de todos é mais feio ainda, mas diante da Bíblia e de todos os versículos que a Bíblia fala sobre julgamento, será que é realmente pecado julgar alguém ou alguma coisa?

A Bíblia diz o seguinte em João 7:24: "Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça".


Julgar segundo as aparências é um erro grave, pois é como o ditado popular diz, "Quem vê cara não vê coração", devendo nós julgar segundo a reta justiça, ou seja, julgar segundo o proceder, nunca se esquecendo que também somos passíveis de erros, falhas, fraquezas e tudo o mais.

É como Jesus orientou em Mateus 7:16, que nós conhecemos uma árvore pelos frutos, ou seja, através dos frutos (resultados das obras) de uma pessoa podemos julgar em nós mesmos quem é uma pessoa, não nos dando o direito de difamar um ser humano por causa das suas obras, mas observando o verdadeiro caráter.

Jamais devemos sentenciar uma pessoa, pois assim como ela errou, nós também podemos errar, sendo que assim como ela errou, ela também acertará, pois diante de qualquer erro existe a Palavra de Deus que nos diz: "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça" 1 João 1:9

Afinal, podemos ou não julgar?
Você pode julgar quem você quiser, vai da consciência de cada um, mas nunca pode desprezar o versículo abaixo:

"Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês. "Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: 'Deixe-me tirar o cisco do seu olho', quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão." Mateus 7:1-5

Achou dura as palavras de Jesus no versículo acima? É a pura realidade, por isso, pense bem antes de falar de alguém, pois naquilo que você acusa seu irmão, você também será acusado. Portando, vamos ter mais temor com o que a Palavra de Deus nos diz e vamos julgar menos.

Dica:
Quando você for julgar alguém, se coloque no lugar dela. Nunca se esqueça, quando você julga uma pessoa, você não está definindo quem ela é, mas quem você é!




Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.