Donald Trump adverte que a liberdade religiosa está "seriamente ameaçada"


O polêmico presidente norte-americano, Donald Trump, que assumiu o cargo recentemente, vem dando declarações sobre a fé que estão motivando muitos cristão norte-americanos.


Donald Trump participou do tradicional "Café Nacional de Orações", na Casa Branca, na última quinta-feira (2), onde falou de diversos assuntos, em especial a fé juntamente, contando com a presença de líderes proeminentes de toda a América e de outros países.

Aproveitando o café para agradecer ao povo americano por suas orações e mensagens de encorajamento que tem recebido nesse início de mandato, Trump revelou como a fé e as orações o tem sustentado em momentos difíceis. "Em toda a América, encontrei pessoas incríveis, cujas palavras de apoio orações têm sido uma fonte constante de força", disse Trump durante o café.


Trump falou sobre a nação norte-americana, considerando os Estados Unidos como uma "nação de crentes", ressaltando que não é o sucesso financeiro que define um cidadão, mas seu sucesso espiritual.

"Vou dizer-lhe que, como alguém que teve sucesso material e conhece um número enorme de pessoas com grande sucesso material. Muitas dessas pessoas são pessoas muito, muito miseráveis e infelizes", afirmou Donald Trump, destacando também conhecer pessoas que não tem muito dinheiro, mas felizes, afirmando que essas são as bem sucedidas de verdade.

O presidente dos Estados Unidos também fez questão de falar sobre a intolerância religiosa, afirmando que a liberdade religiosa é um direito sagrado, advertindo que essa liberdade está "seriamente ameaçada".

Trump contou que fará tudo o que estiver ao seu alcance durante o seu governo para proteger a liberdade religiosa em solo americano. "Quero expressar claramente hoje ao povo americano que meu governo fará tudo o que estiver ao seu alcance para defender e proteger a liberdade religiosa em nossa terra. A América deve permanecer para sempre como uma sociedade tolerante onde todos sejam respeitados e onde todos os nossos cidadãos se sintam seguros", contou Donald Trump. Informações e fonte "CBN News".



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.