Evangélica pede autorização de pastor para desfilar em escola de samba e causa polêmica


Uma carnavalesca e evangélica está causando grande polêmica no meio evangélico, ao afirmar para o jornal "Extra", que decidiu desfilar nua na escola de samba após conversar com seu pastor .

A evangélica Tuane Rocha, de 34 anos, que também é dançarina da escola de samba da Rocinha, causou um grande alvoroço nessa terça-feira(14), onde segundo o jornal "Extra", Tuane teria conversado com o seu pastor pedindo autorização para desfilar nua em sua escola de samba.


Convidada pela escola de samba para desfilar nua, afim de reviver uma das cenas sensuais mais lembradas do carnaval carioca, Tuane desfialará nua debaixo de uma grande cascata d'água.

Para o jornal "Extra", Tuane contou que frequenta há cinco anos uma igreja evangélica, denominada como "Igreja Projeto Vida Nova", dizendo que antes de aceitar o convite da escola de samba da Rocinha, conversou com o seu pastor.

"Demorei duas semanas para dar a resposta para a Rocinha. Pensei na minha filha, conversei com meu pastor. Como é um trabalho profissional, todos apoiaram. Não vejo como um simples exibicionismo do meu corpo", contou Tuane.

A declaração de Tuane não agradou em nada a liderança da Igreja Projeto Vida Nova, que fez uma nota afirmando que nenhum pastor autorizou Tuane Rocha a desfilar nua no desfile da Rocinha, garantindo que a denominação repudia a nudez como exploração do corpo, assim como toda a festa que cultua deuses pagãos e exalta a carnalidade.

O pastor Silas Malafaia também se manifestou contra a divulgação do jornal 'Extra', que através de um vídeo o pastor afirmou que o jornal "Extra" tentou ridicularizar os evangélicos, contando que a jovem pode ser qualquer coisa, menos evangélica. Assista o vídeo:





Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.