Fábrica de Bíblias é totalmente destruída por incêndio mas estoque fica intacto diante das chamas


Você acredita em coincidências ou em propósitos? Independente da sua crença em coincidências ou em propósitos, algo nada normal aconteceu durante um incêndio a uma fábrica de Bíblias. 

Diante das proporções de um incêndio que afetou uma fábrica de Bíblias, uma escola de contabilidade e uma loja de automóveis, que destruiu tudo, um estoque com mais de 50 mil Bíblias ficou intacto.


O incêndio de grandes proporções, que atingiu a sede da Sociedade Bíblica da Zâmbia, em Lusaka, destruíu todo o edifício.

O incêndio que começou na manhã da última quarta-feira(8), só foi controlado na tarde do dia seguinte, que contou com a colaboração dos bombeiros da Câmara Municipal da cidade, Força Aérea zambiana e bombeiros civis da empresa que administra os aeroportos da cidade.

Edwin Zulu, presidente da Sociedade Bíblica da Zâmbia, contou para a imprensa local que foi um milagre o estoque de Bíblias permanecer intacto, pois o incêndio atingiu transformou tudo em cinzas, atingindo uma escola de contabilidade, uma loja de automóveis e a fábrica de bíblias.

"Quero informar que as Bíblias não foram queimadas … apenas uma pequena parte do telhado do armazém onde as Bíblias foram estocadas foi arrancada. Os documentos e o equipamento do escritório também estão intactos, mas todo o edifício tem rachaduras maciças e não pode ser usado. É realmente um milagre de Deus que o fogo apenas passou por nós vindo da loja de automóveis", contou Edwin Zulu.

O presidente da Sociedade Bíblica da Zâmbia, ainda enviou uma nota para a imprensa contando que o trabalho realizado pela Sociedade Bíblia é consagrado a Deus, enfatizando que há Bíblias suficiente para as atividades de venda e distribuição continuarem.

Engenheiros levarão aproximadamente duas semanas para avaliar as condições do prédio, que abriga a sede da Sociedade Bíblica da Zâmbia, considerando inicialmente extensos os danos no edifício, onde analisarão se o prédio deverá ser demolido ou recuperado. Informações e fonte "Zambia24".





Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.