Refugiados contam terem visto Jesus em alto mar acalmando forte tempestade


Você acredita que as coisas que aconteceram no passado e estão relatadas na Bíblia podem se repetir nos dias de hoje? É exatamente isso que um grupo de refugiados que estavam atravessando o Mar Egeu contou durante um momento de forte tempestade em alto mar, onde relatam terem visto o próprio Jesus.


Um testemunho semelhante a da passagem bíblica de Mateus 14:22-33, quando Jesus apareceu sobre o Mar da Galileia repreendendo os ventos e o mar, que se acalmaram de imediato, se repetiu recentemente segundo um grupo de refugiados que passavam por apuros em meio ao Mar Egeu, em direção à Grécia.


Uma forte tempestade começou a inundar um barco de pessoas que estavam fugindo do Oriente Médio, até que uma "milagrosa aparição de Jesus Cristo" acalmou as águas, salvando a vida de refugiados.

O projeto "Jesus Film", compartilhou o testemunho dos refugiados, através do diretor do projeto, Erick Schenkel, que tem alcançado pessoas e povoados que não conhecem o Evangelho pelo mundo.

Diante da forte tempestade, os refugiados ficaram com medo e começaram a clamar a Deus, quando de repente algo sobrenatural aconteceu. "De repente, uma figura celestial e brilhante apareceu no barco. Todo o barco sabia que era Jesus", relata Erick.

Diante da figura celestial, os refugiados não tiveram a menor dúvida de que se tratava do próprio Jesus diante deles, decidindo entregarem suas vidas a Jesus Cristo.

O projeto "Jesus Film" tenta mudar a realidade de muitos refugiados, que além de atravessarem uma perigosa travessia pelo mar, milhares de famílias de refugiados iraquianos e sírios ficam noites em prédios abandonados, calçadas de lojas, garagens, espaços abertos e tendas escuras, mas o projeto distribuí lâmpadas de LED com player de áudio e alto-falante com o conteúdo do Evangelho que são alimentadas por energia solar. Informações e fontes "God Reports".




Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.