Será que Brasil pode ser afetado por asteroide que está na direção da Terra? Veja a verdade!


Será que é verdadeira a notícia de que uma asteroide se chocará contra a Terra no dia 16 de fevereiro de 2017, afetando o Brasil? Veja a notícia abaixo com muita atenção e entenda:


"Segundo informações de um astrônomo russo conhecido como Dyomin Damir Zakharovich, um asteroide cairá inevitavelmente em nosso planeta ainda esse ano.


O asteroide identificado como 2016WF9, foi descoberto pela Agência Espacial dos Estados Unidos (NASA), mas não teria o poder de acabar com toda a humanidade, afetando somente algumas regiões do mundo.

Segundo uma entrevista concedida pelo astrônomo Dyomin ao 'Daily Mail', o Brasil seria afetado pela queda do asteroide. O astrônomo também ressaltou que, dependendo da forma que o asteroide cair na Terra, a humanidade poderia sim sumir do "mapa", ou então, uma parte da humanidade viver em condições bem difíceis por séculos.

Com cerca de um quilômetro de diâmetro, a rocha espacial é considerada bastante grande, com seu rumo em direção ao nosso planeta Terra. No momento o asteroide está a cerca de 51 milhões de quilômetros de distância, podendo se desviar da Terra, não atingindo o nosso planeta.

Para o cientista russo, o asteroide pode cair na Terra ainda esse ano, com data definida para o próximo dia 16 de fevereiro, causando um Tsunami gigantesco, podendo levar a extinção da vida humana.

O cientista russo também alegou que existe a possibilidade do asteroide ao se chocar com a atmosfera terrestre, a pedra se divida, afetando países com grande litorais. Segundo o astrônomo russo, estados brasileiros como o Rio de Janeiro e o Espírito Santo desapareceriam do mapa."


Será verdade a informação acima? Preste atenção na explicação a seguir:

Essa história acima tem gerado enorme preocupação em diversas pessoas, levando muitos ao "desespero". Mas será mesmo que a informação acima é verídica?

Vamos então aos fatos verdadeiros sobre o asteroide. O asteroide de fato existe, sendo divulgado pela própria NASA em 2016, mas ele não se chocará contra a Terra, ele passará "próximo" da Terra, em uma distância de aproximadamente 51 milhões de quilômetros de distância do nosso planeta no dia 15 de fevereiro.

Segundo pesquisas, o tal astrônomo citado na notícia acima, Dyomin Damir Zakharovick, não existe! Por este motivo, vamos sempre checar as informações lidas na internet para não entrar em desespero com algo que não é verdadeiro.


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.