Mulher africana se intitula "Deus na Terra" e atrai multidões para sua igreja


Em uma colina que fica no distrito de Zou, em Baname, a 130 quilômetros ao norte da capital, em Benin, África do Sul, uma igreja chamada "Santíssima Igreja de Jesus Cristo de Baname", está atraindo milhares de seguidores, que se reúnem aos domingos para adorar a Deus, que eles creem estar encarnado na Vicentia Tadagbe Tchranvoukinni, de 25 anos.

Vicentia garante que Deus, o Todo-Poderoso, está encarnado nela, afim de "exterminar" com o reinado do diabo na terra. Vicentina se chama de "Espírito Santo de Deus" e se considera "Perfeita", prometendo expulsar todos os demônios que dominam o país africano.


A "deusa" mistura discursos semelhantes aos das igrejas pentecostais com os rituais católicos. Tudo começou quando ela se juntou com seu atual parceiro, um ex-padre que se intitula papa. A "Santíssima Igreja" tem atraído milhares de seguidores, sendo que um deles é o presidente atual da república.

A igreja foi fundada em 2009, crescendo rapidamente e se tornando conhecida no país inteiro, devido aos confrontos com outras religiões e sua presença carismática na sociedade local. A igreja foi expulsa do organismo que reúne as igrejas cristãs de Benin, sendo classificada como uma seita.

Assista:



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.