Pastor que morreu pregando no Titanic conseguiu salvar sua última alma minutos antes de morrer


O amor pelas almas é algo concedido pelo próprio Espírito de Deus, onde o servo do Altíssimo é capaz de fazer a mesma coisa que Jesus fez, dar a sua vida em favor dos perdidos. A história abaixo é verídica, sendo narrada no livro "The Titanic's Last Hero” (“O Último Herói do Titanic”)", publicado em 2012 por Moody Adams, que registrou o testemunho do último homem evangelizado pelo pastor.

O famoso navio Titanic, que naufragou em abril de 1912, logo após se colidir em um iceberg no Oceano Atlântico, tem histórias marcantes que mexem com milhões de pessoas até os dias de hoje, onde já virou até filme. Mas uma história pouca conhecida no navio é capaz de avivar a fé de muitas pessoas.


O pastor John Harper, que morreu no naufrágio do Titanic, era pastor da Igreja Batista Road Paisley, na cidade de Glasgow, na Escócia, sua terra natal, onde viu a igreja crescer de 25 membros para mais de 500 membros fiéis.

Harper tinha 39 anos, era viúvo e estava acompanhado da filha, de 6 anos, e sua irmã. Juntos, eles iam em direção a Chicago, em Illinois, nos Estados Unidos, para pregar por algumas semanas na Igreja de Moody.

No naufrágio, sua filha e irmã, foram colocadas em um bote salva-vidas e conseguiram sobreviver, mas o pastor ficou para trás, afim de salvar vidas, não da morte física, mas da morte espiritual.

Vestido com o colete salva-vidas, o pastor decidiu entregar seu próprio colete para outro passageiro, chamado George Henry Cavell, logo após fazer a seguinte pergunta para ele: "Você é salvo?".

"Nos cinquenta minutos finais, George Henry Cavell, que estava apoiado numa prancha, se aproximou de John Harper. Harper, que estava se debatendo na água, gritou: ‘Você é salvo?’ Ele respondeu: ‘Não’. Harper gritou as palavras da Bíblia: ‘Creia no Senhor Jesus Cristo e será salvo’. Antes de responder, o homem foi puxado para dentro do mar. Minutos mais tarde, a corrente trouxe George de volta e eles ficaram à vista um do outro. Mais uma vez, Harper gritou: "Você é salvo?" Novamente, ele respondeu: "Não". Harper repetiu as palavras de Atos 16:31: "Creia no Senhor Jesus Cristo e você será salvo", conta um trecho do livro.

O pastor que estava sem colete e lutando contra a correnteza, perdeu as forças e acabou escorregando no mar e morrendo afogado. O homem que ele evangelizou em seus últimos minutos, depositou sua fé em Jesus Cristo, sendo resgatado algumas horas mais tarde pelos botes salva-vidas.

Em relato, George Henry testemunhou ter sido a última alma salva pelo pastor Harper, tendo selado a sua morte morte o que tinha vivido em toda a sua vida, a paixão pelas almas perdidas. Informações e fonte "Evangelical Focus".



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.