Jovem evangélica joga o "Baleia Azul" e tenta suicídio


O caso da jovem carioca que tentou o suicídio por causa do jogo suicida "Baleia Azul", está ganhando repercussão internacional até os dias de hoje, onde mesmo criada com os princípios evangélicos, a jovem de 15 anos tentou tirar sua própria vida como refúgio do vazio no peito que diz sentir.

Sem se identificar, a jovem conta que desacreditou no amor do ser humano, do amor da mãe e da própria fé evangélica, fé essa que lhe foi ensinada desde sua infância.


O jogo suicida surgiu para ela como uma "salvação", que a fez acreditar que com os desafios lançados no jogo, seus problemas acabariam ao concluir os desafios. A jovem só está viva atualmente, por causa da sua mãe, que conseguiu impedir que a adolescente cumprisse o último desafio, que é tirar a própria vida.

A mãe da jovem teve que largar o emprego, temendo que o pior ainda aconteça com sua filha, que foi internada após a tentativa de suicídio.

Em entrevista, a jovem contou que a dor da mãe a faz retroceder do desejo de tirar a própria vida, mas volta e meia sente vontade de desistir de tudo e fazer uma loucura. A jovem de 15 anos, sonha ser fotógrafa. "Minha mãe me disse que fazia tudo para eu ficar viva. E eu entendi. Às vezes eu penso (na morte), mas aí eu penso no meu futuro", contou a jovem.

Assista o depoimento da jovem:




Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.