Mãe de jovem que quase morreu com o jogo suicida "Baleia Azul" conta sobre o sofrimento da sua filha


Sem revelar sua verdadeira identidade, uma jovem brasileira, de 15 anos, moradora da Zona Oeste da capital do Rio de Janeiro, se entregou a uma falsa esperança para se livrar dos seus problemas, chamada "Baleia Azul".

Sentindo vazio no peito, desacreditada do ser humano, do amor da mãe e da própria fé evangélica, que aprendeu desde a sua infância, ela começou a participar do jogo suicida, que virou febre no mundo inteiro a partir da Rússia, fazendo até o momento mais de 130 adolescentes cometerem o suicídio (Veja Aqui).


Completando alguns dos desafios ordenados pelo jogo, a adolescente só não conseguiu completar o último, que era tirar a própria vida, pois a mãe conseguiu identificar o que a jovem pretendia por causa do jogo.(veja Aqui todos os desafios).

A mãe da jovem que está vivendo um verdadeiro pesadelo com sua filha, aconselhando os jovens que tem vontade de entrar no jogo a não fazer isso. "Quem tiver com vontade de entrar no Baleia Azul, não faça isso. Só vai te causar coisas ruins. Em vez de parar sua tristeza, só vai aumentar. E vai acumular, e vai acumular... E quando você vê, já vai estar vazio por dentro e por fora", disse a mãe da jovem.


A jovem estava internada, logo após ter tentado o suicídio. No jogo da "Baleia Azul", a jovem já estava na 15º tarefa, e a mãe da adolescente teve que abandonar o trabalho, afim de impedir que o pior aconteça.

Aqui no Brasil existem atualmente dois casos sendo investigandos pela polícia por conta do "Jogo do Suicídio" ou o "Baleia Azul". Um no Mato Grosso e outro na Paraíba. No Mato Grosso, uma adolescente de 16 anos, foi encontrada morta dentro de uma lagoa, devido a influência do jogo, já na Paraíba o caso ainda está sob investigação.




Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.