Menino de 11 anos comete suicídio após "Namorada Virtual" se fingir de morta


A mãe de um menino de 11 anos está inconformada com a atitude da namorada de seu filho, que estimulou a morte do adolescente. Segundo a mãe, a menina de 13 anos se aproveitou de um garoto mais novo, onde teria que ser responsabilizada pela "brincadeira" de mal gosto.

Após sua namorada, de 13 anos, se fingir de morta, um jovem de 11 anos, Tysen Benz, não aguentou saber que viveria longe de seu amor, e se matou enforcado dentro do próprio quarto.


O fato aconteceu no dia 14 de março, quando a mãe do menino o encontrou enforcado no quarto, quando desesperadamente a mãe do menino chamou o resgate. O menino foi resgatado ainda com vida, sendo mantido por aparelhos até o dia 4 de abril, quando não resistiu e faleceu.

O namoro era escondido, assim como a mensagem trocado pelo casal, através de um celular comprado sem que os pais soubessem. Os dois nunca se conheceram, e mantinham um relacionamento "virtual".

Segundo a mãe, que está furiosa com a morte do seu filho, acusou a jovem de "saber o que estava fazendo", pois segundo ela, com 13 anos de idade, já é possível fazer escolhas. "Estou furiosa. Sim, eles são jovens, mas, sinto que, quando você tem 13 anos, já pode fazer escolhas", disse a mãe do menino.

O caso aconteceu nos Estados Unidos, em Michigan, e segundo informações do capitão Mike Kohler, diante das leis locais, é possível que a adolescente seja indiciada como um adulto, caso as investigações concluam que ela interferiu na decisão do suicídio.

A mãe do menino fez um apelo para outros pais, afim de evitar que não se repita mais casos como esse: "Estendam a mão e se comuniquem com seus filhos sobre o precioso presente da vida e sobre o perigo da internet", disse a mãe. Informações e fontes "Claudia".




Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.