Qual foi o argumento usado pelo Mal para levar consigo a terça parte dos anjos?


Como todos sabem, Lúcifer era o anjo mais formoso criado por Deus, sendo uma das criações mais perfeitas feita pelo Criador, mas quando o pecado entrou dentro de Lúcifer o mal surgiu, tendo origem a tudo de ruim que existe nos dias de hoje. Mas qual o argumento usado por Lúcifer para carregar consigo a terça parte dos anjos?

Explicaremos abaixo com uma linguagem simplificada, afim de fazer você entender o que provocou a queda de Lúcifer, os males que existem na atualidade, e como a terça parte dos anjos caíram.


Lúcifer pecou ao achar que sua beleza e a alta posição que possuía na hierarquia celestial, subisse em sua cabeça, decidindo dentro do seu coração em construir um trono acima de Deus. Sua ideia era tão fixa, que o orgulho o deixou totalmente cego, fazendo com que ele acredita-se em algo impossível, que era ser maior que o seu Criador.

Lúcifer conseguiu convencer a terça parte dos anjos a apoiá-lo. Não sabe-se o argumento usado por Lúcifer para convencer a terça parte dos anjos a seguir sua ideia, pois não existe nenhum relato bíblico que comprove, mas acredita-se(sem nenhum fundamento bíblico), que ele não aceitou a criação do Homem, nem a ideia do homem ser a imagem e semelhança de Deus, muito menos a autoridade que Deus tinha dado ao homem.

Não existia mais espaço para Lúcifer nos céus, pois sua ideia era totalmente "insana", mas seu argumento era muito bom, que conseguia despertar nos anjos algo contra o próprio Criador, mesmo sendo impossível de se tornar realidade.


Uma ordem foi dada pelo próprio Deus, expulsar Lúcifer do Reino dos Céus, juntamente com ele, todos os que aderiram a mesma ideia que ele tinha fixamente em sua mente. Os demais anjos, que não se corromperam contra Deus, comandados pelo arcanjo Miguel, teriam pelejado contra Lúcifer e prevalecido, o lançando sobre a terra.

"E houve batalha no céu. Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos; Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele." Apocalipse 12:7-9

Acredita-se que Lúcifer se transformou em Satanás, onde seu principal objetivo se tornou destruir a raça humana. Lúcifer perdeu todo o seu lado angelical, mudando de aparência, usando seu atual poder, que é o de fazer o mal(antes somente possuía o de fazer o bem), para prejudicar toda a raça humana e conduzir os humanos para o seu mesmo destino, o Lago de Fogo e Enxofre.


Moral da história:
O orgulho entrou em Lúcifer, o cegando, pois tudo o que ele tinha e era, Deus, o seu Criador que tinha concedido. Mas como o orgulho cega, Lúcifer não enxergou que sem o Criador ele não era nada, desprezando tudo o que possuía, por algo que jamais daria certo, "Ser maior do que o seu Criador", levando com ele a terça parte dos anjos.

Os anjos, juntamente com Lúcifer, desprezaram a paz, o amor e a segurança que somente o Criador pode conceder, por uma ideia totalmente impossível, estar acima de Deus.

Trazendo para a nossa realidade de hoje, a história se repete, quando queremos fazer com que as nossas vontades, sejam maiores do que a de Deus, onde desprezamos a sua Palavra para fazermos o que a nossa vontade quer. Pense nisso!

Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.