Casal decide ficar dois anos sem se beijar para casar sem pecar e "manter a santidade"


Parece coisa de outro mundo nos dias de hoje, mas ver um casal de namorados, com seus vinte e poucos anos de idade, decidindo não ter relações sexuais antes do casamento, deixa muita gente descrente, mas de fato existe! O casal de namorados Gabrielly Mendes de 20 anos, e Caique Leon, de 24, virou destaque no "G1.com", levando aos demais casais um novo modo de se relacionar.

O casal que já namora a 4 anos e 9 meses, decidiram abrir mão de uma vida sexual ativa, para se prepararem para o casamento, pois não querem basear seu relacionamento em uma atração carnal somente, mas no companheirismo.


Os dois fazem parte de um grupo de pessoas que decidiram abrir mão do sexo durante o namoro, para manter a santidade até o casamento. O casal que de princípio se beijavam, decidiram não se beijar mais, logo após Gabrielly receber uma "revelação". "Depois de um ano que a gente começou a namorar estava ficando bem difícil de manter a santidade e não transar. Ela teve uma revelação com Deus e chegou comigo e falou que não queria mais me beijar. Eu nunca tinha namorado, mas já tinha ficado com outras garotas. Para mim era normal beijar, eu tinha o meu limite. Mas, estava ficando difícil porque estávamos criando muita intimidade. Eu fiquei bem chateado. Perguntei: ‘Como que Deus fala só pra ti e não comigo’", contou o jovem Caique em tom de brincadeira.

O casal afirmou que o desejo é algo presente entre os dois no dia a dia, mas a decisão continua firme de esperar até o casamento, não sendo algo simplesmente baseado em uma decisão comum, mas algo vindo da fé que ambos possuem. "Parei para pensar que a base do nosso relacionamento não é isso [sexo], é o companheirismo. Aceitei e ficamos dois anos sem nos beijar. Já teve dias que não fui pra casa dela, e falei que não ia porque se não ia agarrá-la. Já desmarcamos cinema. Tem várias formas [de driblar a vontade], eu foco em ler a bíblia, estudar", contou Caique.

Com casamento previsto para 2018, Caique e Gabrielly somente vão se tornar para a sociedade um "casal normal" depois do casamento, mas para ambos, a relação sexual é um presente de Deus, onde somente existe a liberdade para fazer a vontade após o casamento. "Quando a gente casar vai poder fazer a vontade, não vai existir nenhuma regra para isso", explicou o jovem. Informações e fontes "G1".


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.