Homem pedala 4 mil quilômetros para ouvir o coração da filha bater em receptor


A dor da perda de um ente querido, sem dúvidas nenhuma é uma das piores dores que um ser humano pode sentir, ainda mais quando essa perda se trata da própria filha. Sabemos que ordem natural das coisas é o filho enterrar o pai, não o contrário, mas a história que você vai ver a seguir é muito emocionante.

Um pai não viu distância nem obstáculos, pegou sua bicicleta e pedalou por mais de 4 mil quilômetros até conhecer pessoalmente o receptor do coração da sua filha. Talvez por saudades ou curiosidade(não sabemos o certo), mas ele queria conhecer pessoalmente o homem que recebeu o coração de sua filha em um transplante.


Bill Conner saiu da sua cidade, Wisconsin até a cidade Louisiana, ambas cidades ficam situadas nos Estados Unidos, para conhecer Loumonth Jack, o receptor do coração de sua filha, que faleceu dias antes desse encontro.

Ao chegar até a cidade, Bill ganhou um estetoscópio de Loumonth, para que ele pudesse ouvir o coração da filha dentro dele. O transplantado tinha apenas alguns dias de vida, após sofrer de um ataque cardíaco. A filha de Bill, Abbey, morreu com 20 anos, após ser encontrada em janeiro dentro de uma piscina inconsciente junto com o irmão.

Os dois irmãos ficaram por meses ligados a aparelhos, até que os médicos e a família resolveram doar os órgãos da filha. O irmão sobreviveu. Mas o coração da  filha ainda continua vivo dentro de outro ser humano. "Saber que ele está vivo por causa da Abbey... Abbey está viva dentro dele. É o coração dela que o mantém de pé. Estou feliz por ele e sua família e, ao mesmo tempo, tive a oportunidade de me reunir novamente com minha filha", contou o pai Bill.

Antes de falecer, Abbey tinha registrado que queria ser doadora de órgãos, pois segundo o pai ela tinha o desejo de ajudar quem precisava. "Ela registrou que queria ser doadora de órgãos. É algo que ela sabia há muito tempo. Infelizmente, isso chegou a acontecer, mas isso é ela. Se você a tivesse como uma amiga, ela sempre seria aquela que está ao seu lado. E, para ela, ajudar quem precisava era tudo. Isso se encaixa em quem ela era", falou o pai da jovem.

Assista o encontro do pai da doadora com o receptor:



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.