Pastor abandona ministério ao descobrir em seu interior que sempre foi católico levando os membros com ele


A história de um pastor da Assembléia de Deus que deixou o pastorado para se converter ao catolicismo está repercutindo em todo o mundo, sendo motivo de grande surpresa para todos.

A história do ex-pastor Joshua Mangels da Igreja Assembléia de Deus de Tucson, no Arizona, Estados Unidos, que atualmente é católico, foi divulgada pela revista National Catholic Register, destacando que Joshua ao contar para os fiéis que ele estava largando sua vida pastoral para se tornar católico, teve algumas pessoas que não concordaram com ele, mas também teve um pouco mais de uma dezena de fiéis que o seguiram. Cerca de um mês após o anúncio de seu desligamento, alguns chegaram até a se batizar na Igreja Católica de Tucson.


Joshua revelou que seu ministério dava um cerco prazer para ele, mas nos últimos anos, começou a sentir-se frustrado pelos vaivéns da doutrina e as modas e pressões da comercialização da igreja. Sendo que ao voltar de uma conferência pastoral, se sentiu decepcionado, começando a ouvir homilias de um padre que um amigo tinha orientado.

O conteúdo das homilias tornaram-se para Joshua como um "gole de água fresca", que o deixou impressionado, fazendo-o ouvir por horas, até despertar dentro dele o desejo de pesquisar sobre a vida dos padres. "Quando li sobre os padres das igrejas, os sacramentos começaram a ter significado e comecei a ver como a Eucaristia era central para a igreja primitiva. Se a eucaristia foi ordenada por Cristo, quero receber isso Senhor", contou Joshua.

Após isso, ele e a esposa começaram a ler constantemente sobre a história do catolicismo, começando a ensinar os fiéis de sua igreja sobre o que estava aprendendo, "descobrindo" que era católico em seu coração. "Adorava pastorear, adorava pregar. Eu falava em reuniões de todo o tipo, mas descobri que agora eu era católico no meu coração", relatou Joshua.

Mesmo sabendo que seria rejeitado pelos membros de sua congregação, ele viu que era a hora de tomar uma decisão, quando conheceu o padre responsável pela Igreja Católica Bizantina de Tucson, começando a ouvir com mais profundidade sobre a teologia dogmática e a eclesiologia católica, até enfim tomar a decisão.

O rito Bizantino pertence ao antigo ramo do catolicismo, mesmo sendo autônomas em relação ao rito e disciplina, sendo de um modo geral submetida ao papa e ao Vaticano. Informações e fontes "ACI Prensa".



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.