Adolescente de 12 anos foge de casa para "curtir a vida de solteira"


Uma adolescente de 12 anos fugiu de casa, não por maus tratos nem por brigas, mas para "curtir a vida de solteira". Ninguém ainda sabe sobre o paradeiro da jovem, mas a mãe da adolescente está desesperada com o sumiço.

Desde a última manhã de quarta-feira(28), a adolescente Geovana, de 12 anos, está desaparecida em Goiânia. A mãe, Marinilde Ribeiro, que é empregada doméstica, está sem se alimentar de direito e sem conseguir trabalhar, pois não tem nenhuma informação sobre a filha. "Estou sem comer e não estou dando conta de trabalhar. Só Deus sabe o que estou sentindo", contou a mãe da adolescente.


A adolescente fugiu de casa, deixando um bilhete que diz: "Mãe, eu tô saindo de casa porque eu não aguento mais essa vida de tristeza e pra curtir a minha vida de solteira. Tchau, beijos. Te amo."


Marinilde é mãe de quatro filhos, e a ausência da menina começou a ser notada, quando um dos filhos viu o material escolar da menina ainda na mesa pela manhã. Ao contar para a vizinha que cuida de dois filhos da doméstica enquanto ela trabalha, a mulher tentou tranquilizar Marinilde, dizendo que ela deveria estar na casa de alguma amiga e iria aparecer em breve, mas não foi bem isso que aconteceu.

A mãe contou que possui uma boa relação com a filha, fazendo questão de frisar que não tinha brigado com a adolescente e que ela estava feliz nos dias anteriores. "Não briguei com ela, nem nada. Ela estava feliz aqui em casa nos dias anteriores. Se fosse algo comigo, com algo que eu tivesse falado, ela não teria escrito que me ama no bilhete", contou a mãe de Geovana.

Geovana já tentou fugir uma vez de casa para a casa de um namorado, mas ela foi encontrada no mesmo dia. A mãe suspeitou do mesmo garoto, mas ele negou, dizendo que poderia até levar a polícia em sua casa que não iria encontrá-la.

O desaparecimento da adolescente foi registrado no 14° Distrito Policial, no último sábado(1), e segundo a mãe da adolescente, as autoridades de polícia informaram que todos os agentes estão informados sobre as características físicas da menina, mas até o presente momento não existe nenhuma novidade. A mãe também acionou o Conselho Tutelar para ajudar no caso.

Uma das esperanças da mãe em encontrar a menina, foi um recado enviado por Geovana para uma amiga nas redes sociais, na última sexta-feira(30), onde ela pedia para avisar para a mãe que "estava tudo bem com ela". Informações e fontes "UOL".



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.