Moro não se debruçou sobre a Bíblia como demais sites anunciaram


A notícia de que o juiz Sergio Moro se debruçou sobre a Bíblia após condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é falsa! Como de costume vemos pessoas compartilhando um monte de notícias falsas, sem ao menos se preocuparem com a veracidade dos fatos, mas quando a notícia é verdadeira ou rebate a falsa, ninguém tem o mesmo costume em compartilhar.

A notícia de que o juiz Sergio Moro se debruçou sobre a Bíblia após condenar Lula a nove anos e seis meses, já ultrapassou a marca de 400 mil compartilhamentos nas redes sociais e até mesmo no WhatsApp. Segundo a fonte da notícia falsa, Sergio Moro ficou por mais de 40 minutos em sua sala sozinho, logo após condenar o ex-presidente.


Segundo a informação falsa, Sergio Moro respondeu a repórteres que não tinha nenhuma satisfação em fazer a condenação ao ex-presidente, mas que mesmo ele sendo ex-presidente, não estaria acima da lei, e que foi julgado como qualquer outro cidadão. A informação inverídica que mais chamou a atenção, foi dizer que o juiz foi flagrado debruçado sobre a Bíblia após condenar Lula, afirmando que o juiz estava como se estivesse descansando no divino e recompondo suas forças por meio da fé.

Veja na íntegra a notícia falsa:

"Muito abatido, Sergio Moro foi flagrado por um repórter na sala de audiência, ele estava há [sic.] 40 minutos cabisbaixo e sozinho, a cena impressionou o repórter e sua equipe .. [sic.] Entenda!!

No julgamento de Luiz Inácio Lula da Silva, presidido pelo juiz federal, [sic.] Sergio Moro, a sentença foi de 9 anos e meio de prisão.

Apos [sic.] o termino [sic.], Moro fez um desabafo a repórteres, dizendo que ele como pessoa não tinha nenhuma satisfação de fazer a condenação do Ex-presidente, porém achava vergonhoso para alguém no cargo tão alto que Lula tinha, [sic.] estar envolvido em esquemas de corrupção e lavagem de dinheiro.

Ressaltou o juiz que ;mesmo [sic.] ele sendo ex-presidente, não estaria acima da lei e que foi julgado como qualquer outro cidadão brasileiro.

Flagrante !! – No final do julgamento, Sergio Moro permaneceu sozinho na sala de audiência, uma equipe de reportagem resolver aguardar a saída do juiz, porém em virtude de sua demora em sair da sala, o repórter resolveu entrar no tribunal e se deparou com uma cena chocante.

O Excelentíssimo juiz, totalmente esgotado, aparece debruçado sobre sua Bíblia em cima da mesa, no que parecia ser um momento único, onde ele parecia descansar no divino, recompondo sua força por meio da fé.

Foi uma cena muito linda, um homem que o poder que Sergio Moro tem, porém mantem [sic.] a humildade, reconhecendo a verdadeira autoridade que vem do céu.

O repórter da BBC, [sic.] não quis atrapalhar a meditação do Juiz, [sic.] e chamou sua equipe de trabalho se retirando do local, deixando Sergio Moro, sozinho em seu momento de fé [sic.]

Ele parecia agradecer e ao mesmo tempo buscar um colo, carinho e forças.. [sic.] quando vi o Juiz debruçado sobre a Bíblia que estava na mesa, confesso que fiquei espantado…, [sic.] finaliza o repórter em sua coluna jornalística para a BBC Brasil."



Seria um belo gesto para os cristãos se de fato o juiz federal tivesse tido atitude de se debruçar sobre a Bíblia Sagrada e pedido ajuda divina, mas nessa notícia que está sendo compartilhada "freneticamente", não passa de mentira em diversos pontos. A principal mentira e a que mais motiva compartilhamentos, é a imagem que comprovaria o suposto flagrante de Moro debruçado sobre a Bíblia. Na imagem em momento nenhum se vê uma Bíblia, a foto mostra o juiz procurando uma tomada abaixo de uma bancada para abastecer seu celular ou computador.

Poderíamos citar diversos enganos na notícia falsa, mas seria perda de tempo. Seria perde de tempo também mostrar notícia por notícia falsa, mas serve de alerta para prestarmos atenção em tudo e verificarmos a veracidade dos fatos.

Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.