Polícia na Arábia Saudita prende mulher que fez vídeo usando saia


Uma jovem foi presa pela polícia na Arábia Saudita por quebrar o rígido código de vestimentas para as mulheres no país, ao aparecer em um vídeo usando saia e blusa curta em locais públicos no país. A Arábia Saudita é considera uma das nações mais conservadoras e restritas para os direitos das mulheres, onde a mulher deve usar a tradicional e conservadora abaia(Espécie de vestido que cobre todo o corpo) e o véu islâmico, que cobre a cabeça e os cabelos.

O vídeo de uma jovem sem as vestimentas islâmicas circulou nas redes sociais do país, despertando a ira de conservadores, que pediram a detenção da jovem por quebrar o código de vestimenta no país. Segundo informações de uma TV local nesta terça-feira(18), agentes a levaram até a capital Riad por usar "roupas obscenas", encaminhando o caso até a promotoria.


O vídeo publicado pela jovem no Snapchat, mostra a jovem andando por um vazio ponto histórico de Ushaiager, no deserto de Najd, mas o que mais chamou a atenção, foi a falta das vestimentas tradicionais na jovem, fazendo com que uma onda de comentários de críticos e apoiadores aparecessem para a jovem.

Alguns internautas pediram a prisão da mulher por estar de saia e blusa cropped em público, chamando-a de obscena, mas outros defenderam a jovem e seu direito sobre o seu corpo, destacando acima de tudo a sua coragem.

O nome da mulher não foi revelado, mas o site "Saudi Okaz" reportou o vídeo para as autoridades em Ushaiager, pedindo ao governo do estado e a polícia que responsabilizem a jovem pelo vídeo. Agentes dedicados a policiar a moralidade dos cidadãos sauditas teriam se correspondido com outras agências para investigar o vídeo.

Assista:



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.