Até que ponto você acredita? Mulher diz ter serpente viva dentro dela por 18 anos, mas após oração ela garante estar liberta mexendo com as redes sociais


Quando dizem que a internet é um mundo de informações, não é nenhum exagero, muito pelo contrário, na internet você encontra de tudo, até mesmo mentiras das mais grotescas que se pode imaginar. Quando Jesus disse que nos finais dos tempos o amor de muitos se esfriaria por se multiplicar a iniquidade(Mateus 24:12), Ele não estava falando simplesmente de amor, mas Ele estava falando também sobre a fé, que por causa de muitas mentiras iria se esfriar.

Ver notícias falsas na internet é muito comum, mas quando vemos notícias falsas que iludem e enganam pessoas de "fé pura" e genuína, bate uma tristeza profunda, onde não podemos deixar passar despercebida, sendo necessário desmascará-la.


Uma imagem de um raio-x que aparece o esqueleto de uma cobra dentro de um ser humano, onde na descrição da imagem uma suposta mulher diz ter sido amaldiçoada pela sogra, sendo impedida de engravidar por conta de uma cobra que vivia dentro dela por 18 anos, se tornou viral, sendo compartilhada até o momento por mais de 8 mil pessoas e recebendo mais de 24 mil comentários.

Demostrando de forma visível a intenção de ganhar seguidores, o administrador da página pede para que as pessoas compartilhem em grupos e diga amém. Maioria das pessoas comentaram dizendo "amém", sem ao menos buscar a veracidade da informação, muito menos da imagem, mas nota-se nitidamente que a imagem é uma montagem. Outro fator interessante que se nota na descrição da imagem, são as informações básicas não contidas nela, como o local, os nomes dos personagens e etc.


Veja a imagem e tire por si mesmo suas conclusões sobre a veracidade da imagem e das informações:

Por este motivo, fique sempre atento, não sai digitando amém em qualquer imagem, muito menos não compartilhe o que você não tem certeza.


Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.