Policial é sequestrado por dois homens mas ao falar de Deus para eles "de dentro do porta-malas" do carro ele é liberado sem nenhum arranhão


Você já ouviu dizer que "nada acontece por acaso"? Então, foi exatamente isso que um policial explicou para os assaltantes que o sequestraram e o colocaram dentro do porta-malas do seu próprio veículo, que todo o sequestro não estava acontecendo a toa, mas com a permissão de Deus.

O sequestro que poderia ter terminado com a morte de um cabo da policia militar de Pernambuco, serviu para a evangelização de dois assaltantes, que receberam uma mensagem de Deus no momento do sequestro. O policial que foi colocado dentro do porta-malas do carro, não sofreu nenhuma violência física e teve seu veículo devolvido sem nenhum arranhão, contou que falou de Deus para os assaltantes.


Enquanto lavava seu veículo na frente da sua residência, em Jardim Primavera, Camaragibe, Pernambuco, dois assaltantes o abordaram portando uma arma de fogo, Sem esboçar nenhuma reação, o policial que teve sua identidade preservada, obedeceu a ordem dos bandidos, que o colocaram no porta-malas do carro.

A princípio o policial imaginou que fosse algum tipo de brincadeira com ele, mas ao observar a arma em punho, resolveu obedecer. "Eu achei que fosse uma brincadeira, mas eles mostraram a arma e falaram: ‘A gente acabou de dar uma butada (roubar) e vamos te levar como refém'", revelou o PM.

Dentro do porta-malas o policial ficou em silêncio, até que meia hora depois os bandidos chamaram o policial para conversar. "No caminho eu fiquei calado, aí um deles perguntou: ‘Tás vivo, boy?’. Eu respondi: ‘Estou sim, abençoado’. Aí eles me perguntaram, espantados: ‘Tu é crente, é?’. Eu respondi ‘pela graça do Senhor’. Aí eles disseram ‘A gente queria fazer isso contigo não, irmão'", revelou o policial na entrevista.


A partir desse momento, o policial começou a falar de Deus para os assaltantes de dentro do porta-malas, fazendo eles refletirem. "Eu comentei com eles que sabia o que estava fazendo ali. Por que Deus sabia que eles estavam precisando de uma palavra de conforto. Eu creio que Deus tocou no coração. Eles começaram a ter mais cuidado com o carro e me liberaram", relembrou o cabo em entrevista que você pode conferir no vídeo abaixo. Informações e fontes "UOL".



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.