Pastor afirma em pregação que termo "Aceitar Jesus" é antibíblico e gera debates na internet


Um termo muito utilizado por pastores e pregadores em cultos evangélicos, para fazerem seu ouvintes a aceitarem a oportunidade de salvação dada por Cristo, pode ser antibíblica, segundo um pastor cristão.


Para o pastor David Platt, o termo "aceitar Jesus", pode fazer com que as pessoas tenham uma visão distorcida do Evangelho, fazendo com que algumas pessoas acreditem que Deus está "implorando" por aceitação, sendo segundo o pastor, uma visão perigosa e similar ao Evangelho, não refletindo a visão integral dos ensinamentos de Jesus.


"Eu faço uma oração, pedindo que você ‘aceite a Jesus no seu coração e convide a Ele para entrar na sua vida’. Não deveria nos preocupar o fato de que não há uma oração tão supersticiosa como essa no Novo Testamento? Não deveria nos preocupar que a Bíblia nunca usou uma frase que contenha o termo ‘aceitar a Jesus em seu coração’ ou ‘convidar Cristo para entrar em sua vida’? Isto que se tem pregado não é o Evangelho. É um evangelismo moderno, construído sobre a areia e corre o risco de desiludir milhões de almas", disse o pastor.

"É uma coisa muito perigosa, quando você leva pessoas a acreditarem que elas são cristãs, sendo que elas não responderam biblicamente ao Evangelho. Por não sermos cuidadosos, nós podemos tirar o Evangelho, o sangue vital do cristianismo e colocar algo artificial no lugar dele, só para agradar as multidões. Isto não é apenas perigoso, é amaldiçoador", alertou o pregador.

Para o pastor David Platt, a ideia de um Deus amoroso não está errada por si só, mas quando não é apresentada a visão da Justiça divina, tudo pode se tornar em um problema. "E quando nós pensamos sobre fazer discípulos tudo está focado em sair fazendo esse tipo de oração com as pessoas, nós espalhamos isso por aí. Vamos mostrar a elas o contexto completo do Evangelho. Vamos mostrar às pessoas a grandeza de Deus. Sim, Ele é Pai! Ele nos ama. Ele é um pai amoroso, que nos salva, e um justo juiz que talvez possa nos condenar. E é exatamente isso que merecemos por causa dos nossos pecados. Nós estamos sem esperanças, perdidos em nossos pecado", afirmou.


David Platt, afirmou que Deus não está implorando por aceitação na vida e no coração de ninguém, pois Ele é Soberano e merecedor de todo louvor e adoração, enfatizando que Deus não é um "pobre salvador". "Deus não é um pobre salvador, implorando por aceitação no coração de ninguém. Ele é o Deus soberano e Rei, que é digno do louvor de todos. Se arrependa e confie em Cristo, como Salvador e Senhor. Quando isso acontece na vida de alguém, o Evangelho transformador mudar tudo em seu coração", concluiu o pastor. Informações e fontes "Gospel+".



Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.