Policias são filmados pregando para usuários de drogas em "cracolândia"; Assista


Lamentavelmente nos habituamos por causa de vídeos nas redes sociais em ver abordagens policiais com agressões, truculências e até mesmo mortes, mas uma abordagem de policiais militares a usuários de drogas no interior de São Paulo foi registrada e "bombou" nas redes sociais nos últimos dias.


Em uma linha férrea desativada que funciona atualmente como uma espécie de "cracolândia" na cidade de Presidente Prudente, o subtenente Paulo Sérgio Neves, das Rondas Ostensivas com Apoio(ROCAM), que também é pastor evangélico, fez algo inesperado. Juntamente com mais dois policias evangélicos, o subtenente pregaram para usuários que estavam no local e oraram com eles.


"Nesse dia da abordagem, estávamos ali e a gente se comoveu com a situação daquele pessoal. A gente sempre vê praticamente as mesmas pessoas ali. Eles falavam que é muito difícil, que não queriam estar ali e a gente entende que não queriam. Falei para eles que Jesus poderia tirá-los dali, como outros já saíram, e comecei a falar de Jesus para eles", contou o subtenente e o pastor evangélico.

"Pedi para que eu pudesse orar por eles e eles aceitaram. Então comecei a fazer a oração e foi quando o policial filmou. Mas a conversa já tinha se alongado por bastante tempo, ficamos mais de uma hora lá", contou Paulo Sérgio.

Paulo Sérgio Neves contou que já foi até o local com membros da sua igreja para realizar no local evangelizações, mas nessa filmagem, que já teve mais de 340 mil visualizações até o momento, ele estava como policial. "Neste dia, de fato, alguns deles se comoveram, se entregaram às lágrimas. Creio que o Espírito Santo tocou no coração, porque, quando Deus toca, o homem sente. Eu sei que é muito difícil para eles, eu expliquei isso para eles. Disse que nós, policiais militares, não temos prazer em abordá-los ali, a gente queria encontrar com eles em outras situações, outros lugares", contou.


Diante da grande repercussão causada com o vídeo, o policial contou que vê tudo isso como algo gratificante. "Foi bastante gratificante. E a receptividade dos usuários também, porque muitos olham o policial e só pensam na repressão e nós não somos só isso. Inclusive o lema da Polícia Militar é servir e proteger", finalizou Paulo Sérgio. Informações e fontes "G1".

Assista:




Seja um assinante e saiba tudo em primeira mão!

Digite o seu e-mail corretamente 
no campo acima

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.